Indefinição do Brexit fez lucro líquido do Santander cair 17%

Depois de muita incerteza, tudo indica que a saída do Reino Unido da União Europeia deve acontecer no dia 31 de janeiro deste ano. Como era de se esperar, os 1.317 dias de discussões quase intermináveis sobre o assunto deixaram seus rastros. O banco Santander que o diga! Nesta quarta-feira, 29, a instituição anunciou que, em 2019, o lucro líquido do banco caiu 17% por causa das indefinições do Brexit.

De acordo com o banco espanhol, a conjuntura de incertezas acarretou a desvalorização de sua filial da Inglaterra. Felizmente, na América Latina, o desempenho da empresa foi diferente. Isso porque lá o Santander teve bons resultados. A instituição financeira afirmou que 46% do seu lucro global veio dessa parte do continente americano. Quer saber mais sobre a declaração do banco espanhol? Então continue a leitura do nosso artigo!

Mais detalhes sobre a declaração do Banco Santander

Ainda que o lucro líquido do Santander tenha caído 17%, o desempenho do banco foi melhor do que o esperado. A previsão dos analistas era de que, no ano passado, a instituição financeira lucrasse EUR 6,27 bilhões. No entanto, o resultado do banco superou essa previsão visto que o banco lucrou EUR 6,515 bilhões.

A instituição declarou que, em 2019, ela precisou lidar com saneamentos financeiros com valor de EUR 1,737 bilhão, motivados em grande parte por um ajuste do fundo de comércio do Reino Unido de EUR 1,491 bilhão. Outra dificuldade que o Santander afirmou ter enfrentado foram os custos de reestruturação em vários mercados. Na Espanha, por exemplo, a instituição se propôs a cortar 3.200 postos de emprego.

Com relação à sua filial britânica, a instituição relacionou a sua depreciação aos “efeitos negativos” da regulamentação do Reino Unido. Segundo ela, as leis obrigam os bancos a separarem atividades de varejo (como é o caso das contas correntes e dos depósitos) das atividades de banco de investimento.

O Santander ainda afirmou que a incerteza do Brexit também teve o seu impacto nos lucros da empresa. Segundo o banco espanhol, depois do referendo em 2016, o Reino Unido tem diminindo as suas contribuições para o desempenho da instituição. Se antes a nação era o principal mercado do Santander, atualmente ela foi superada pelo Brasil.

Considerações finais

Isto posto, nós do Financeiro Consulte esperamos que você tenha entendido por que o Brexit teve tamanho impacto nos lucros líquidos do Santander. Tendo essa questão em vista, comente o que você pensa sobre a separação do Reino Unido da União Europeia. Além disso, não deixe de acompanhar o nosso site para saber mais sobre a economia do país e do mundo.

 

Fonte: G1