Economia

Ministro da Economia negocia acordos comerciais e tributários em Davos

O Fórum Econômico Mundial (WEF) continua a todo vapor em Davos, na Suíça. Nos primeiros dois dias de evento, Paulo Guedes tratou de acordos comerciais e tributários com os representantes de outros governos. Saiba mais sobre esses encontros!

Anúncios

O Fórum Econômico Mundial (WEF) continua a todo vapor em Davos, na Suíça. Nos primeiros dois dias de evento, Paulo Guedes tratou de acordos comerciais e tributários com os representantes de outros governos. Nesta quarta-feira, 22, o ministro da Economia se reuniu com o chanceler do Tesouro do Reino Unido, Sajid Javid. Na ocasião, ele negociou um acordo para acabar com a tributação sobre serviços técnicos e preços de transferência.

Ontem, 21, Guedes também se encontrou com representantes do EFTA (Associação Europeia do Comércio Livre). É importante mencionar que essas negociações entre representantes de governos fazem parte da agenda do Fórum. Quer saber mais sobre os encontros do ministro da Economia? Então continue lendo o nosso artigo, pois nós te daremos as principais informações!

Mais detalhes sobre negociações de acordos comerciais e tributários

Com relação às conversas que têm tido no Fórum Econômico Mundial, Paulo Guedes afirmou que ainda pretende fazer negociações com outros países. De acordo com o ministro, o governo ainda quer fazer acordos com o Canadá, o Japão e a Coréia do Sul.

No entanto, ele deixou claro que não quer mudanças bruscas. Segundo Guedes, é necessário que o governo consiga juros baixos, desregulamentação, simplificação e redução de impostos. Ele afirmou que as transformações precisam ser graduais para que a indústria brasileira garanta a sua competitividade.

O ministro da Economia também conversou com o secretário do Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, na terça-feira. No entanto, esse encontro foi mais breve e informal.

De acordo com Guedes, ele agradeceu a ajuda do membro do governo norte-americano durante essa conversa. O ministro afirmou que Ross fez a intermediação entre o Brasil e o presidente dos Estados Unidos quando Trump decidiu aumentar tarifas no aço. Vale lembrar que o governante norte-americano fez essa ameaça porque entendeu que o governo brasileiro havia desvalorizado a sua moeda artificialmente.

Considerações finais

Nós do Financeiro Consulte esperamos ter esclarecido mais detalhes sobre a participação do ministro da Economia no Fórum Econômico Mundial.

Comente o que você achou sobre o objetivo do governante de fazer acordos comerciais e tributários. Nós ficaremos felizes em saber a sua opinião. Além disso, não deixe de acompanhar as outras notícias relacionadas à economia do país e do mundo! Há muita informação de qualidade esperando por você!

 

Fonte: Folha de S. Paulo e Isto é

Em Alta

content

Cartão de Crédito Acesso

Conheça tudo sobre o cartão de crédito Acesso que aprova para negativados. Veja como conseguir o seu, basta acessar o nosso site.

Continue lendo
content

Itaú lança um número de WhatsApp exclusivo para negociação de dívidas

O Itaú está oferecendo aos seus clientes a opção de realizar o pagamento das suas dívidas através do WhatsApp. Acesse nosso site!

Continue lendo
content

Financiamento de Veículos BV Financeira

Veja como funciona o financiamento de veículos BV financeira que oferece diversas vantagens aos seus clientes. Acesse o nosso site!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Parceria entre Uber e Digio libera empréstimo de até R$5 mil reais para motoristas

Uma parceria entre o Digio e Uber está disponibilizando um empréstimo de até R$5 mil reais para os motoristas! Acesse o nosso site.

Continue lendo
content

Financiamento de Veículos Bradesco

Está em busca de adquirir um novo veículo? Conheça o Financiamento de veículos do Bradesco que oferece diversas vantagens, acesse nosso site!

Continue lendo
content

Cartão de crédito Ford

Se você está em busca de adquirir um cartão que ofereça benefícios exclusivos, conheça o cartão de crédito Ford! Acesse nosso site.

Continue lendo