Economia

Venda de parte da Embraer para Boieng é aprovada pelo Cade sem restrições

Nesta segunda-feira, 27, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra de parte da Embraer pela Boeing. Entenda o porquê!

Nesta segunda-feira, 27, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra de parte da Embraer pela Boeing. Por meio de pareceres técnicos, a autarquia chegou à conclusão de que as empresas não são concorrentes e, por isso, a operação não traria riscos para a rivalidade do mercado.

Vale mencionar que a decisão do Conselho ainda pode ser contestada por algum de seus membros dentro do período de 15 dias. Se isso acontecer, o caso será levado a tribunal. Além do Cade, a União Europeia também precisa aprovar a venda da empresa brasileira. Ela prorrogou a sua decisão para o dia 30 de abril. Quer entender como funcionará o acordo entre a Embraer e a corporação norte-americana? Então continue lendo o nosso artigo!

Detalhes sobre a venda de parte da Embraer para a Boeing

O acordo entre a Embraer e a Boeing é composto de duas etapas. A primeira consiste na criação de uma nova empresa chamada de “Boeing Brasil-Commercial”. A Boeing adquirirá 80% do capital da corporação brasileira relacionado à aviação comercial. Os outros 20% continuarão sendo da Embraer, que estará encarregada de desenvolver, produzir e vender aviões com capacidade de até 146 assentos.

Para concretizar o acordo, a corporação norte-americana terá que pagar UR$ 4,2 bilhões para a instituição brasileira.

Já a segunda parte da operação consiste na formação de uma joint venture. 54% dessa nova empresa, chamada de EB Defense, será da Embraer e o restante pertencerá à Boeing. A instituição terá o objetivo de produzir a aeronave KC-390, que tem função de transporte e de segurança. Até o momento, esse é o maior modelo fabricado no Brasil.

De acordo com o Cade, a empresa brasileira passará a ser uma parceira estratégica da Boeing. Por essa razão, o remanescente da Embraer — que ainda será responsável pelos ramos de aviação executiva e de defesa — poderá ser beneficiado pela cooperação tecnológica e comercial entre as empresas.

Considerações finais

Isto posto, nós do Financeiro Consulte esperamos ter esclarecido por que o Cade aprovou o acordo entre as empresas Embraer e Boeing. Comente o que você acha da venda de parte da empresa brasileira. Além disso, também diga se você concorda com a decisão do Conselho. Por fim, não deixe de acompanhar os próximos artigos do site. Nós publicaremos aqui notícias relevantes sobre a economia do país e do mundo.

 

Fonte: Folha de S. Paulo e G1 

 

Em Alta

content

Como solicitar o cartão de crédito Submarino

Acompanhe as informações sobre como solicitar o cartão de crédito Submarino e aproveite os benefícios exclusivos do mesmo

Continue lendo
content

Saiba quais são os novos planos de previdência do Bradesco 

Veja agora quais são os novos planos de previdência do Bradesco e fique por dentro das novidades! Acesse nosso site para saber mais.

Continue lendo
content

Cartão de crédito Bradesco Elo Mais Internacional

Saiba como funciona o cartão de crédito Bradesco Elo Mais Internacional e quais são suas vantagens! Acesse nosso site para saber mais.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Cartão de Crédito Elite Platinum

Saiba tudo sobre o cartão de crédito Elite Platinum. Veja quais são os benefícios oferecidos e muito mais. Acesse o nosso site agora mesmo!

Continue lendo
content

Saiba como solicitar o cartão de crédito Ourocard Universitário

Se você está em busca de um cartão que te ajude na vida universitária, saiba como solicitar o cartão de crédito Ourocard Universitário!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Santander Unlimited Black

Para os clientes que desejam liberdade em suas compras e muitos benefícios o Santander possui o cartão ideal. Veja como solicitar o cartão Santander Unlimited Black e o que faz dele um cartão único.

Continue lendo