Economia

Novo coronavírus: o aumento de preços pelos comerciantes é justificável?

Embora algumas pessoas argumentem que o aumento de preços durante as crises seja injusto, é necessário ter calma antes de fazer qualquer julgamento! Entenda o porquê!

Após o início da pandemia no ano passado, muitas pessoas relataram o aumento nos preços de produtos de limpeza e de higienização. Isso sem contar com o encarecimento do álcool e das máscaras. Embora algumas pessoas argumentem que o aumento de preços durante as crises seja injusto, é necessário ter calma! Isso porque, em alguns casos, esse encarecimento é justificável.

Afinal de contas, o custo mais alto dos negócios levou muitos produtos a ficarem mais caros. É preciso considerar que estamos vivendo em circunstâncias extraordinárias que demandam adaptações. Esse encarecimento é diferente daquele que é fruto da manipulação de preços com objetivos gananciosos. Vale mencionar que essa alteração arbitrária do valor dos produtos pode comprometer a reputação das empresas, afastando os consumidores. 

Entenda o aumento de preço dos produtos durante a pandemia

É importante considerar que no começo da pandemia, muitas pessoas estocaram produtos em suas casas. Essa alta procura da população por algumas mercadorias em específico, fez com que elas ficassem escassas. O resultado disso foi o aumento de preços. Afinal de contas, esse pico inesperado de demanda não deu tempo à cadeia de suprimentos para se ajustar a fim de reabastecer os produtos.

Felizmente, esse fenômeno costuma ser temporário, pois a situação dos preços se ajusta à medida que os fabricantes e distribuidores adaptam as suas atividades.

Ainda assim, enquanto isso não acontece, os varejistas aumentam os preços e os consumidores pagam mais. Em geral, são as pequenas empresas que sofrem mais com o impacto das flutuações nas cadeias de suprimentos. Nesses casos, há pouquíssima chance de o aumento de preços acontecer por causa da ganância do dono do negócio.

É necessário então que haja diálogo! Afinal, a raiva dos compradores poderá diminuir se os varejistas explicarem melhor os motivos do aumento dos preços. Ser transparente parece ser o único caminho no momento, afinal de contas, as pessoas têm o direito de saber o que está acontecendo.

Ainda assim, entendemos que toda a transparência no mundo não vai aliviar o bolso dos consumidores que estão preocupados com o estado de suas finanças. 

Considerações finais

Tendo dito isso, nós do Financeiro Consulte esperamos ter esclarecido as razões para o aumento de preços dos produtos durante esse período de pandemia. É necessário que os consumidores tenham muita paciência e jogo de cintura para conseguirem fazer as suas compras.

Em Alta

content

Como solicitar o cartão de crédito Atacadão

Veja como solicitar o cartão de crédito Atacadão que possui diversas vantagens. Acesse o nosso site para mais informações.

Continue lendo
content

Saiba como solicitar o cartão Pernambucanas Flex

Saiba como solicitar o cartão Pernambucanas Flex e ter acesso a todos os benefícios que são disponibilizados. Acesse nosso site agora mesmo!

Continue lendo
content

Mesmo com recuo, juros do cheque especial parecem ultrapassar o limite divulgado pelo BC

A partir de janeiro deste ano, os juros do cheque especial não podem ultrapassar 8%. Esse foi o percentual estipulado pelo Banco Central e que começou a valer do dia 6 do mês passado. No entanto, a autarquia revelou nesta quinta-feira (27) que o teto aparentemente não foi obedecido. Entenda!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Saiba como solicitar o cartão de crédito Neon

Saiba como solicitar o cartão de crédito Neon que não possui anuidade e não cobra nenhuma taxa. Acesse o nosso site para mais informações.

Continue lendo
content

Saiba como solicitar o cartão de crédito Banestes Visa Platinum

Se você está em busca de obter um ótimo cartão, saiba como solicitar o cartão de crédito Banestes Visa Platinum! Acesse nosso site.

Continue lendo