Dicas

Saiba o que são os títulos públicos e quais são eles

Saiba como funciona os títulos públicos e quais são as opções de investimentos. Acesse o nosso site para mais informações sobre o assunto!

Os títulos públicos se tratam de uma das mais diversas formas de investimento disponíveis no mercado, no qual você pode aplicar sua renda em ativos de renda fixa. Dessa forma, é possível saber com exatidão qual será a rentabilidade da aplicação.

Por apresentar muitas vantagens, esses títulos estão sendo cada vez mais usados no momento de montar uma reserva de emergência. Eles estão entre os investimentos mais seguros, sólidos e de boa rentabilidade oferecidos ao público brasileiro.

São disponibilizadas diversas opções de ativos, sendo assim cada pessoa pode encontrar o que melhor atende suas necessidades. Há ainda uma grande semelhança entre os títulos e o CBD, porém a emissão dos títulos ocorre por parte do Governo Federal e o CDB por bancos.

O que são os títulos públicos

Conforme dito anteriormente, os títulos públicos se tratam de papéis de ativos que são emitidos pelo Governo Federal através da Secretaria do Tesouro Nacional. Eles existem há um bom tempo, mas só a partir de 2002 esse recurso ficou disponível para todos os cidadãos.

Quando é feita uma aplicação no Tesouro Direto, o indivíduo “empresta” determinado valor ao governo e receberá de volta uma rentabilidade pré-estabelecida no momento em que a aquisição do papel é feita.

A rentabilidade individual desses títulos está diretamente vinculada a taxas prefixadas ou a índices com IPCA, Taxa Selic e ao CDI. É possível fazer um investimento com menos de R$50,00, sendo excelente opção para aqueles que não tem renda alta.

Tipos de títulos públicos

Hoje em dia são disponibilizadas diversas opções de títulos públicos, estes se diferenciam em relação aos juros, alguns os pagam diariamente e outros semestralmente. Cada um dos tipos de títulos apresentam suas particularidades, veja quais são os principais disponíveis:

Tesouro Selic: é o mais conhecido dos títulos do Tesouro Nacional. Nessa modalidade as taxas de juros são baseadas na Selic e na liquidez diária. Dessa forma, diariamente o valor investido aumenta com base nos juros.

Esta é a opção mais indicada para aqueles que estão em busca de montar uma reserva de emergência. Com apenas R$30,00 já é possível investir em títulos da dívida pública e o lucro é obtido de forma rápida.

Tesouro Prefixado: as taxas de juros nesse caso são fixas e o valor é pago somente quando o papel referente ao título vencer e está vinculado a expectativas do mercado. É indicado para aqueles que desejam fazer acumulo de recursos.

Tesouro Prefixado com juros semestrais: os juros são pagos a cada 6 meses e o saque do valor investido só pode ser feito quando o papel referente ao título vencer. É indicado principalmente para aqueles que almejam viver de renda no futuro.

Tesouro IPCA: nesta modalidade a rentabilidade se encontra vinculada a variação do IPCA e a taxa de juros é imposta no momento da aquisição do ativo. O valor pode ser sacado apenas no vencimento e é indicado para aqueles que desejam proteger o dinheiro de variações da inflação.

Tesouro IPCA + Juros Semestrais: os juros são recebidos a cada 6 meses e o valor do investimento também só pode ser sacado quando o papel vencer. É uma das opções mais usadas por aqueles que desejam viver de renda.

Custos e taxas 

Ao decidir fazer investimentos em títulos públicos é necessário ter atenção quanto aos custos e taxas que são cobradas. Geralmente essas informações são prestadas aos investidores por todas as corretoras da área. Os custos e taxas são:

  • Taxa de custódia: se trata de 0,3% do valor total investido no Tesouro Direto, o valor é cobrado uma vez ao ano pela bolsa de valores brasileira. É o valor utilizado para que a bolsa guarde, movimente e proteja os títulos de seus investidores;
  • Taxa de administração: está se trata do valor que as corretoras cobram para realizar operações na bolsa de valores. Não são todas as corretoras que fazem a cobrança desta taxa, em caso de investimento mensal busque por uma delas;
  • Imposto de Renda: no geral, todos os títulos do Tesouro Direto têm a tributação vinculada ao IR. O imposto será cobrado de forma regressiva, então quanto maior o tempo de investimento do dinheiro, menor será a alíquota.

Vantagens

Uma das principais vantagens é a segurança, onde os investidores terão certeza de que receberão seu dinheiro de volta. Outra vantagem se encontra no fato de possuírem liquidez diária, sendo o ativo mais indicado para aqueles que desejam montar reserva de emergência.

Os títulos são uma excelente opção para aqueles que não possuem alta renda para fazerem investimentos altos. Com apenas R$50,00 mensais já é possível conseguir obter bons ativos do governo passando a receber juros.

Os títulos públicos são seguros?

Dependendo da modalidade escolhida, o investidor pode fazer o resgate do seu dinheiro no momento que quiser, sendo que esses tipos de investimentos protegidos pelo governo são considerados os mais seguros do mercado financeiro.

Isso porque a chance do governo vir à falência ou dar calotes são inexistentes, portanto, o investimento que apresenta mais segurança que você pode fazer são os que se encontram protegidos pelo próprio Tesouro Nacional.

Como fazer o investimento em títulos públicos?

Aqueles que tiverem interesse em fazer um investimento no Tesouro Direto devem primeiramente ter conta em uma corretora. Após ter o cadastro aprovado basta que você faça a transferência de algum valor via TED para a corretora.

Então basta fazer a escolha entre as opções de títulos e concluir a compra do ativo. O título escolhido ficará localizado na sua carteira de investimentos e este pode ser consultado a qualquer momento através da corretora.

É possível fazer os investimentos em corretoras que proporcionam sites e aplicativos, sendo necessário ter a sua disposição um dispositivo com acesso a internet. É permitido ainda ter conta em mais de uma corretora.

Em Alta

content

Saiba quais são os melhores cartões para usar no supermercado

Veja a nossa lista contendo os melhores cartões para usar no supermercado, conheça os benefícios de cada um e saiba qual é a melhor opção!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão de crédito Méliuz

Veja como solicitar o cartão de crédito Méliuz que oferece diversas vantagens a todos os seus clientes. Acesse o nosso site agora mesmo.

Continue lendo
content

Controle financeiro pessoal: Saiba como fazer o seu com eficiência

Veja qual é a melhor forma de fazer o seu controle financeiro pessoal! Acesse o nosso site agora e tenha acesso a todas as informações.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

O C6 Bank oferece uma conta internacional para quem vai ir pro exterior

O C6 Bank está com uma grande novidade, já que está oferecendo uma conta internacional para quem vai viajar! Acesse nosso site.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito LiftBank, exclusivo para os empreendedores

Conheça o cartão de crédito LiftBank que é exclusivo para os empreendedores brasileiros. Acesse o nosso site para mais informações.

Continue lendo