Economia

Funcionários do Banco do Brasil que solicitarem aposentadoria terão que encerrar atividades

Os trabalhadores geralmente continuam nas suas funções, mesmo depois de aposentados. No entanto, esse não poderá mais ser o caso dos funcionários do Banco do Brasil. Saiba o porquê!

Anúncios

Por muito tempo, o sonho da maioria dos trabalhadores era se aposentar. Isso porque eles sabiam que poderiam reservar uma fase da sua vida para o descanso. No entanto, atualmente, o dinheiro recebido na aposentadoria já não garante um estilo de vida desejável. Assim sendo, os trabalhadores geralmente continuam nas suas funções, mesmo depois de aposentados. No entanto, esse não poderá mais ser o caso dos funcionários do Banco do Brasil.

Isso porque, na semana passada, a instituição anunciou a saída compulsória dos funcionários que fizerem o pedido de sua aposentadoria. Quer saber mais sobre essa mudança? Então continue lendo o nosso artigo porque nós te daremos as principais informações relacionadas a ela!

Mais informações sobre saída compulsória dos funcionários do Banco do Brasil

De acordo com o Banco do Brasil, a novidade se justifica pela busca da instituição de adequar o seu estatuto interno à Constituição do país. Vale lembrar que recentemente a Reforma da Previdência foi aprovada, trazendo transformações para as regras de aposentadoria dos brasileiros.

Ainda que a norma relacionada à aposentadoria dos funcionários do Banco do Brasil tenha mudado, nem todos serão afetados por ela. Os diretores e os vice-presidentes da instituição serão exceção à regra. Por essa razão, eles não precisarão parar de trabalhar no banco depois de se aposentarem.

Também é importante mencionar que nem todos os trabalhadores que já fizeram o pedido do benefício ao INSS terão que encerrar as suas atividades. Isso porque o Banco de Brasil permitiu que continuassem trabalhando os funcionários que cancelassem a solicitação de sua aposentadoria. No entanto, para isso acontecer, essas pessoas não podem ter recebido o seu primeiro pagamento ou acessado os valores do PIS/Pasep e do FGTS.

Essa será a única chance que a instituição dará a esses funcionários para eles continuarem trabalhando. Isso porque o empregado que persistir com o seu pedido junto ao INSS e não solicitar a sua aposentadoria compulsória será demitido por justa causa.

Considerações finais

Nós do Financeiro Consulte esperamos ter esclarecido as principais informações relacionadas à saída compulsória dos funcionários do Banco do Brasil que solicitarem a sua aposentadoria. Comente o que você achou dessa nova regra da instituição financeira. Além disso, continue acompanhando o nosso site para se informar das principais notícias relacionadas à economia do país e do mundo!

Fonte: Estadão

Em Alta

content

Cartão de Crédito Marisa Internacional

Saiba quais são as vantagens oferecidas pelo cartão de crédito Marisa Internacional que vem conquistando novos clientes todos os dias!

Continue lendo
content

Mercado Pago lança cartão de crédito com aproximação

O Mercado Pago lançou um cartão de crédito em parceria com a bandeira Visa, que oferece diversas vantagens. Acesse nosso site para saber mais

Continue lendo
content

Empréstimo Serasa eCred

Conheça o empréstimo Serasa eCred que aprova para negativados! Acesse o nosso site e tenha acesso a todas as informações sobre o assunto.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Saiba como solicitar o empréstimo consignado Caixa

Se você está precisando de um dinheiro extra, saiba como solicitar o empréstimo consignado Caixa! Acesse o nosso site para saber mais.

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão de crédito BMG e ter acesso a todas as vantagens

Veja como solicitar o cartão de crédito BMG, que possui as menores taxas de juros do mercado e pode ser solicitado online agora mesmo

Continue lendo
content

Ministro da Economia negocia acordos comerciais e tributários em Davos

O Fórum Econômico Mundial (WEF) continua a todo vapor em Davos, na Suíça. Nos primeiros dois dias de evento, Paulo Guedes tratou de acordos comerciais e tributários com os representantes de outros governos. Saiba mais sobre esses encontros!

Continue lendo