Notícias

Governo estuda incluir mais 5 milhões de brasileiros no Auxílio

O Governo está estudando a possibilidade de incluir mais 5 milhões de brasileiros no Auxílio Emergencial. Acesse nosso site para saber mais!

Anúncios

Com a chegada da pandemia, muitas pessoas perderam seu emprego ou fonte de renda, gerando uma situação de vulnerabilidade econômica no país. Atualmente milhares de pessoas sofrem com dificuldades financeiras. 

O cenário econômico devastado fez com que o Governo criasse o Auxílio Emergencial. No ano de 2020, o valor do auxílio era de R$600 reais e ajudou milhares de famílias. Atualmente, o valor caiu bastante e varia de acordo com a estrutura familiar. 

Porém, com a nova média do auxílio em 2021, muitas famílias ficaram de fora do programa. Atualmente, o Governo estuda a possibilidade de incluir cerca de 5 milhões de pessoas que ficaram de fora da medida de auxílio financeiro. 

Auxílio Emergencial: conheça as novas medidas 

As pesquisas econômicas do governo apontaram que muitas famílias não foram elegíveis ao programa do Auxílio Emergencial. Sendo assim, ainda existe o saldo em dinheiro que seria destinado a estas famílias. 

Por isso, o Governo estuda a possibilidade de trazer medidas que flexibilizam os pré-requisitos do programa, para que novas famílias possam ser ajudadas. 

De acordo com os dados divulgados, era esperado que pelo menos 45 milhões de brasileiros tivessem direito ao benefício. Porém, nem todas as famílias precisaram ou se enquadram nas regras. Apenas 39 milhões de pessoas tiveram acesso ao auxílio.

Entenda o que muda com a Medida Provisória 

As regras para receber o auxílio em 2021 eram de que os beneficiários precisam ter recebido o benefício em 2020. Ou seja, novos solicitantes que perderam sua renda ou trabalho não tiveram acesso ao programa. 

Por isso, a Medida Provisória que definia as regras para participação está sendo editada. Sendo assim, pessoas que não tiveram direito ao auxílio no ano de 2020, poderão solicitar a ajuda do governo.  

Sem contar que as pessoas que receberam o auxílio no ano passado, mas pararam de receber por terem conseguido um emprego, poderão solicitar novamente a adesão ao programa. Embora esteja sendo estudada e analisada, esta medida ainda não foi anunciada e está em fase de aprovação. 

Detalhes do Auxílio emergencial 2021

O auxílio emergencial teve algumas alterações no ano de 2021. Isso porque mudou os valores, que foram diminuídos de forma brusca. 

Se em 2020 o cidadão poderia receber um valor de R$600 reais, em 2021 o máximo que uma família terá acesso é de R$375 reais. Porém, existem algumas regras que foram criadas de acordo com o grupo familiar. No caso de pessoas que moram sozinhas, o valor máximo que pode ser concedido é de R$150 reais. Outros grupos familiares com mais de uma pessoa recebem o valor de R$250 reais. 

O valor máximo concedido pelo governo é para mulheres líderes de família. Neste caso, o valor recebido pode chegar até R$375. O valor diminuiu bastante, o que fez com que muitas pessoas estejam em situação de pobreza ou extrema pobreza no país.

Pessoas que têm direito ao bolsa família devem escolher qual o benefício querem receber, não podendo acumular os dois programas do Governo. 

Em Alta

content

Saiba quais são os novos planos de previdência do Bradesco 

Veja agora quais são os novos planos de previdência do Bradesco e fique por dentro das novidades! Acesse nosso site para saber mais.

Continue lendo
content

Promoção: Cashback de até 50% em compras virtuais com o PicPay e Elo 

Conheça a nova promoção da PicPay juntamente com a Elo, que está oferecendo até 50% de cashback! Acesse o nosso site para saber mais.

Continue lendo